Educa Mais Brasil 2021: Inscrições, Portal do Aluno, Bolsa e Requisitos

As mensalidades cobradas pelas instituições de ensino superior impedem que grande parte dos jovens e adultos de famílias com baixa renda façam a sua graduação. Desta forma, foi desenvolvido o programa Educa Mais Brasil 2021 para auxiliar os estudantes em situação que impossibilita o pagamento das propinas. Então, se você se enquadra no grupo de indivíduos em busca duma bolsa de estudo para fazer o ensino superior, não deixe de acompanhar os próximos tópicos deste post para saber como se inscrever no Educa Mais Brasil.

Educa Mais Brasil 2021

Educa Mais Brasil 2021

Educa Mais Brasil

Emergido de uma iniciativa privada, o Educa Mais Brasil vem ajudando cidadãos dos mais de 5 mil municípios brasileiros. O programa atua em parceria com universidades particulares de todo o Brasil, onde os estudantes têm a possibilidade de receber um financiamento em sua mensalidade de até 70%.

Em instituições onde o Educa Mais Brasil existe, é possível se beneficiar do desconto na mensalidade em cursos da modalidade de graduação, pós-graduação, Ensino a Distância – EAD, entre outras disponíveis.

Inscrições Educa Mais Brasil 2021

Para esta edição do Educa Mais Brasil as inscrições serão processadas por via da internet. Desse modo, os interessados precisarão de possuir um computador com conexão à internet para fazer a sua inscrição, segundo as etapas abaixo:

  • Entre no site oficial do Educa Mais Brasil – https://www.educamaisbrasil.com.br/;
  • Em seguida busque pela opção que permite escolher a modalidade, e clique na sua preferência;
busque pela opção desejada

busque pela opção desejada

  • Siga informando a cidade e opção da bolsa de estudo do seu interesse;
quero essa bolsa

quero essa bolsa

  • Por fim, conclua o cadastro junto com o pedido da bolsa.
Inscrições Educa Mais Brasil 2021

Inscrições Educa Mais Brasil 2021

Confira ainda:

Portal do Aluno Educa Mais Brasil

Para estar sempre atualizado acerca das inscrições Educa Mais Brasil 2021, é muito recomendado que o interessado acesse de forma recorrente o portal do programa. Lembrando que depois da inscrição, o candidato já passa a ter acesso a área do aluno que oferece mais informações – use ESTE LINK para fazer o login.

Portal do Aluno Educa Mais Brasil

Portal do Aluno Educa Mais Brasil

Bolsa Educa Mais Brasil 2021

Como foi mencionado em tópico anterior as bolsas do Mais Brasil são oferecidas em diversas modalidades de ensino. No entanto, vale alertar que cada curso possui as próprias percentagens de descontos impostos, o que acaba influenciado o valor a ser pago pelo financiamento da bolsa que varia de 5% a 70%.

Critérios e Requisitos do Educa Mais Brasil

A obediência dos critérios do programa de bolsas é obrigatória para o recebimento do financiamento nas mensalidades. Confira abaixo os requisitos:

  • Não ter sido aluno da instituição em questão em anos anteriores;
  • Possuir uma renda familiar que demostra a sua incapacidade em arcar com as mensalidades da instituição de ensino;
  • Apresentar uma boa pontuação no ENEM;
  • Passar pelo sistema de seleção do Educa Mais Brasil e se aprovado.

Educa Mais Brasil Segundo Semestre

Se você perdeu a primeira edição do Mais Brasil, saiba que existe a chance de se inscrever no segundo semestre para as universidades que abrem as portas nessa época do ano. Nessa fase somente os estudantes que cumprem os requisitos regulares poderão participar.

O Pronatec acabou? Saiba como está o programa atualmente

Você se lembra do Pronatec? Enquanto o Prouni e o Sisu são programas direcionados ao ingresso no nível superior, o Pronatec era um dos poucos programas que permitiam acesso ao ensino técnico.

Mas já tem um tempo que não se ouve lar do programa e por isso, muita gente tem se questionado sobre a permanência dele. Acompanhe o texto e veja como o programa está hoje.

O que é o Pronatec?

O Pronatec é um programa que foi desenvolvido para facilitar e popularizar o ingresso em cursos técnicos. É uma das poucas possibilidades com esta proposta.

Além disso, a proposta visa melhorar em diversos aspectos o cenário profissional do país, capacitando cada vez mais trabalhadores interessados na proposta.

Como se inscrever?

Quem se inscrever no Pronatec irá concorrer a vagas nas melhores escolas técnicas do país, principalmente as dos Sistema S e se inscrever é simples!

Basta você acessar o site do Pronatec e se cadastrar. Assim, quando forem lançadas as vagas, você pode aplicar para o curso de sua escolha.

Ainda existe?

A grande dúvida em relação ao Pronatec, é se a sua inciativa ainda é válida. Bem, faz um tempo que você pode ter ouvido falar do programa, isso porque não é sempre que ele abre vagas.

As oportunidades são lançadas periodicamente, mas você pode participar da proposta e se inscrever para as bolsas do Pronatec 2021.

Quem pode participar?

O programa visa beneficiar quem tem interesse em se capacitar profissionalmente. Para concorrer as vagas de formação continuada, é exigido que o candidato esteja matriculado no ensino médio da rede pública de ensino.

Para os cursos técnicos, os estudantes devem ter concluído o ensino médio na rede pública ou na rede particular na condição de bolsista. Alunos do (Educação de jovens e adultos) também podem participar. Enquanto para a qualificação profissional, podem participar os trabalhadores assalariados e os estudantes que ainda estão cursando ensino médio ou EJA.

Quais os cursos disponíveis?

O Pronatec é conhecido, principalmente, por ofertas bolsas de estudo em áreas que estão em alta no mercado. Assim, além de suprir a demanda de profissionais, o programa também permite uma maior probabilidade de conseguir emprego em pouco tempo.

Sendo assim, os cursos do Pronatec sempre serão bastante úteis no mercado. Se você está pensando em participar, confira alguns cursos ofertados:

  • Análises Clínicas;
  • Enfermagem;
  • Farmácia;
  • Meio Ambiente;
  • Radiologia;
  • Vigilância em Saúde;
  • Eletroeletrônica;
  • Mecânica;
  • Biblioteca;
  • Infraestrutura Escolar;
  • Técnico em Administração;
  • Comércio Exterior;
  • Contabilidade;
  • Logística;
  • Entre outros.

O Pronatec ainda existe? Como conseguir uma bolsa?

É muito comum  encontrar programas que possibilitam o ingresso no nível superior de ensino, mas para os cursos técnicos essas inciativas são mais difíceis de ser encontradas. Um dos poucos programas recorrentes é o Pronatec, que distribui bolsas de estudo para diversas escolas técnicas do país. Mas será que ainda é possível se utilizar do recurso? Descubra a seguir:

O que é o Pronatec?

O Pronatec é a sigla para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego é uma iniciativa muito importante, que permite a distribuição de bolsas de estudo para quem tem interesse em cursos técnicos.

As possibilidades são muitas e são anunciadas pelo programa periodicamente. A formação técnica é dividida em algumas categorias, podendo ser integrada, continuada ou de profissionalização.

Quem consegue a bolsa para um dos muito cursos ofertados, poderá alcançar o seu diploma em apenas alguns anos e já estar preparado para o mercado de trabalho.

O programa funciona através de uma parceria entre o Governo e as instituições que promovem o ensino técnico no país, sendo principalmente as do Sistema S de ensino.

Qual o objetivo?

O Programa possui muitas propostas válidas, mas visa expandir o ensino técnico no país. Além disso, através de sua plataforma digital, o Pronatec quer facilitar o acesso ao ensino de qualidade para todas as pessoas.

Quem não pode custear o curso, terá a possibilidade de estudar nas melhores instituições do país e estar qualificado para o mercado de trabalho.

Ou seja, o Pronatec pode possibilitar ainda uma grande quantidade de capacitação profissional sem custos, subindo o nível da mão de obra no país.

Quem pode participar?

O Pronatec tem muitos objetivos, mas vale lembrar que é destinado a um público específico. Veja a seguir quem pode concorrer às bolsas de estudo ofertadas:

  • Estudantes que concluíram o ensino médio na rede pública de ensino;
  • Estudantes que ainda estão cursando o ensino médio na rede pública;
  • Estudantes que concluíram o ensino médio na rede privada como bolsista integral;
  • Estudantes que ainda estão cursando o ensino médio na rede privada como bolsista integral;
  • Estudantes do EJA;
  • Trabalhadores assalariados.

Como conseguir uma bolsa?

Para quem está se perguntando se ainda é possível utilizar esse recurso, vai gostar de saber que ainda é possível estudar através do Pronatec.

Quem está dentro das categorias exigidas pelo programa, pode garantir sua bolsa ficando atento à divulgação de vagas no site oficial do programa.

É necessário realizar o seu cadastro na plataforma para visualizar as bolsas disponíveis. No site,, informe seus dados e confirme o seu registro. Depois é só se inscrever e aguardar o resultado!

MEC lança Programa Novos Caminhos, voltado ao Ensino Técnico

Quem acompanhou as últimas notícias relacionadas às políticas educacionais, deve ter ouvido falar no novo programa do Governo: o Novos Caminhos. A proposta é voltada para o ensino técnico e promete auxiliar diversos estudantes a alcançarem formação de qualidade. Leia o texto a seguir e saiba mais sobre essa iniciativa:

O ensino técnico conquistou um espaço significativo no mercado, uma vez que promove diversas vantagens interessantes. A curta duração e o direcionamento voltado para o mercado de trabalho são alguns dos benefícios que esse nível de formação proporciona.

De acordo com as próprias empresas, muitas vezes o que falta ao trabalhador é uma capacitação adequada para atuar em determinados casos. Visando, possibilitar oportunidade de emprego e melhorar o cenário profissional do país, o Governo precisou ampliar as oportunidades disponíveis.

Na verdade, já existiu um programa responsável por essa iniciativa, sendo ele o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

O que aconteceu com o Pronatec?

De acordo com o próprio Governo, o Pronatec, apesar de ter objetivos bem sólidos, falhou na democratização do ensino técnico e representou um mau uso dos cofres públicos e por isso, foi necessária a criação de uma nova proposta.

Mas vale a pena mencionar que o Novos Caminhos tem objetivos bem parecidos com os do Pronatec e irá ter um funcionamento parecido, no qual os erros anteriores poderão ser corrigidos.

Portanto, quem estava pensando em concorrer para as vagas do Pronatec 2021, deve estar atento ao lançamento do edital do programa Novos Caminhos, o atual distribuidor das bolsas disponíveis.

Como se inscrever?

Uma das principais alterações que irão ocorrer em relação a transição para o Novos Caminhos é a utilização das escolas técnicas pertencentes ao Sistema S de ensino. Esse sistema não é classificado como público, apesar de estar relacionado ao Governo.

Portanto, para estar concorrendo às bolsas disponíveis em instituições como o SENAC e o SENAI, o estudante deverá acessar a plataforma digital do programa e realizar o seu cadastro dentro do prazo estimado. O cadastro é simples, bastando preencher os campos necessários com os seus dados pessoais.

Depois, o candidato precisa informar ao sistema a sua localização para identificar os cursos disponíveis, afinal, a oferta é diferente para cada estado, uma vez que o Novos Caminhos leva em consideração o mercado de trabalho local.

Se aprovado, o estudante passará a estudar sem nenhum custo em uma das melhores escolas técnicas do país e receber um certificado reconhecido pelo MEC.

Entenda como funciona o Pronatec Voluntário

Para quem está pensando em começar um curso em breve, deve saber que há diversas oportunidades que podem ajudar muito você. É o caso do Pronatec Voluntário, direcionando ao acesso para o ensino técnico. Você sabe como ele funciona? Confira a seguir tudo que você precisa saber sobre esta iniciativa e saiba como participar.

O que é o Pronatec voluntário?

O Programa Nacional de Ensino Técnico e Emprego, ou Pronatec, é um programa que proporciona o fácil acesso a formações técnicas através dos cursos gratuitos Pronatec.

Os cursos técnicos do Pronatec estão diretamente ligados com o mercado de trabalho e a sua demanda. O programa já beneficiou diversos estudantes e acontece devido a uma parceria com o Governo Federal e instituições privadas.

A iniciativa do Pronatec permite que as pessoas que preenchem os requisitos realizem cursos presenciais e à distância em instituições como o Senai, o Senac, e muitas outras!

A formação pode durar entre um ano e meio e dois anos, fazendo com que os estudantes possam ser inseridos mais rapidamente no mercado de trabalho.

Quem pode participar?

A iniciativa do Pronatec visar beneficiar aquelas pessoas que não podem custear uma formação, a fim de melhorar o cenário profissional do país. E para atender de forma justa este público, o programa exige alguns critérios de participação para a inscrição nos cursos. Você sabe quais são? Confira abaixo:

  • Ter idade superior a 16 anos completos, idade mínima estabelecida;
  • Ser beneficiado por programas de transferência de renda, tais como o Bolsa Família;
  • Ser um Trabalhador desempregados;
  • Ser estudante ou concluinte do EJA (Ensino para Jovens e Adultos);
  • Ter concluído o ensino médio em rede pública de ensino;
  • Ter concluído o ensino médio em rede particular como bolsista integral.

Vale lembrar que algumas modalidades de inscrição podem ter requisito diferentes, por isso acesse a página oficial do Pronatec nos links abaixo ou informe-se se o programa já está ofertando vagas para a sua região:

Como se inscrever?

Para concorrer às vagas do programa é preciso estar de acordo com os critérios do mesmo e realizar corretamente a inscrição no site do programa.

O Prontaec tem período de inscrição e quando ele for inciado, você deve acessar o site e fornecer as informações sobre a sua localização para que o sistema possa achar as opções disponíveis para você.

Depois é só achar o curso ideal para você e concluir a sua inscrição fornecendo os dados que o site pedir. Confira as datas e se inscreva para o Pronatec!

Entenda porque vale a pena fazer um curso de mecânica básica

Ter formação comprovada em diploma é uma forma de garantir um bom emprego. Além disso, qualquer tipo de aprendizado é sempre muito bem-vindo. E caso não seja usado como profissão fixa, pode ser uma maneira de fazer freelas, ou ainda de solucionar questões em casa. Como o curso de mecânica básica, que pode possibilitar vagas de emprego em grandes empresas ou apenas trazer conhecimento.

Curso de mecânica básica

O curso de mecânica básica é oferecido em diversas escolas técnicas ou de aprendizagem. Em alguns casos o curso pode ser gratuito, por exemplo por meio do PRONATEC, programa do governo federal que oferta bolsas integrais em formação técnica ou aprendizagem.

Os alunos podem escolher entre aulas que objetivam a mecânica para autos, ou aquelas que ensinam sobre o manuseamento de máquinas. As duas são interessantes e rendem muitos inscritos.

Por ser de nível básico, normalmente o curso não ultrapassa um ano. Nesse período os estudantes aprendem como descobrir e solucionar defeitos, quais os nomes técnicos de cada peça e normas ambientais e de segurança.

Outro ponto positivo é que algumas escolas abrem vagas para candidatos que ainda não concluíram o ensino médio. Permitindo a conclusão de duas etapas, médio e técnico, quase que no mesmo período.

Valor curso de mecânica básica

O valor mensal do curso varia conforme a escola e a grade curricular. Embora seja de nível básico, caso haja mais tempo dedicado as aulas, o valor tende a ser maior também.

Algumas instituições possibilitam a inscrição como bolsistas parcial ou integral. Outra oportunidade é por meio de programas de benefícios, como o PRONATEC Voluntário 2021.

Em média, o valor total do curso chega a custar R$1.500 reais. Incluindo todos os meses, e o material teórico. Mas é importante verificar na instituição de seu interesse.

Carreira de um mecânico

Existem várias áreas dentro da mecânica, desde o manuseamento de veículo até máquinas industriais. Por isso, o valor médio do salário varia de acordo com a formação e área de atuação.

Grandes empresas costumam contratar esses profissionais, mesmo que tenham curso básico. Por isso, vale a pena estudar essa área. Algumas firmas importantes que contratam mecânicos são: Hynduai, Sambaíba Transporte e Rodoviário Matsuda.

Segundo o portal Catho, a base salarial de um mecânico é de R$1.733,00.

É PRECISO ENEM PARA FAZER UM CURSO PRONATEC?

Os cursos gratuitos do Pronatec ofertados pelo Governo Federal são uma boa chance de conseguir a profissionalização do Brasil. São ofertados para a baixa renda com material de graça e professores qualificados em escolas técnicas de todo o Brasil. Para conseguir uma vaga é preciso cumprir alguns pré requisitos. Saiba mais sobre eles a seguir.

Como funciona o Pronatec?

A sigla Pronatec define o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, parceria entre o Governo Federal e o Ministério da Educação. Já está em atuação no Brasil há mais de 6 anos e até o momento não há indícios de ser finalizado.

O que o programa oferece são cursos técnicos focados exclusivamente em formar mão de obra no Brasil. São cursos focados em áreas de interesse do mercado, onde um trabalhador capacitado está ausente ou há maior oferta que procura de candidatos a ocupar as vagas.

O Pronatec foi criado com alguns objetivos. Dentre eles é dá uma chance ao trabalhador de se recolocar no trabalho de acordo com a necessidade das empresas e indústrias.

Também ajuda o jovem ou adulto de baixa a renda a ter acesso à educação sem necessitar pagar por altos custos. Como vagas no ensino superior público não são suficientes para todos e no privado as mensalidades são caras, os cursos do Pronatec são uma alternativa.

Pré requisitos para fazer um curso do Pronatec

Para conseguir uma vaga nos cursos do Pronatec é necessário cumprir alguns pré requisitos. Para alguns alunos é uma boa notícia saber que não é necessário ter feito o Enem. Isso porque não é uma disputa para uma vaga no ensino superior.

Os tipos de cursos oferecidos no Pronatec possuem pré requisitos diferenciados. O técnico profissionalizante do ensino médio necessita apenas do ensino fundamental concluído em rede pública e ser baixa renda.

Já para os cursos de capacitação profissional pós ensino médio exige-se estar desempregado e ser baixa renda. Quem está desempregado há mais de dois anos não necessita ser baixa renda ou ter concluído em escola pública.

Em todos os casos não pode fazer parte de outros projetos educacionais do Governo Federal como ProUni e Fies.

Onde fazer cursos do Pronatec?

Os cursos gratuitos Pronatec são oferecidos em salas de aula de escolas técnicas em todo o Brasil. Dentre as principais parcerias estão as escolas SENAI e do SENAC, referências em ensino técnico no país. As duas instituições oferecem cursos apenas para o programa.

Outras escolas técnicas do país também abrem as suas salas de aula e reservam vagas apenas para alunos do Pronatec. Ao contrário do que alguns podem pensar não foram construídas escolas técnicas apenas para o programa e sim usadas as já existentes com cursos novos.

A matrícula do Pronatec é realizada na própria instituição de ensino pessoalmente. Para saber quais fazem parte é só acessar o portal da instituição.

Para os maiores de idade é necessário ter carteira de trabalho. Os interessados em cursos de ensino médio técnico devem ter apenas identidade e CPF.

Bolsas de estudo sem precisar do ENEM: Veja aqui!

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é um dos maiores concursos do país e funciona atualmente como principal requisito para concorrer a bolsas de estudo. As bolsas que oferecem condições exclusivas para o estudante são a opção mais viável para quem quer vantagens na hora de se capacitar, mas será que os estudante que não participaram ou não alcançaram uma pontuação equivalente a concorrência tem outras opções?

Quem quer construir uma carreira e se destacar no mercado de trabalho já deve saber que a formação e capacitação profissional é uma etapa importante.

O problema, para muitos estudantes, são os custos envolvidos no processo. Por isso, muitos estudantes buscam outras oportunidades para dar inicio ao seu curso com condições exclusivas do mercado.

Então é possível conseguir bolsa sem o Enem?

Não podemos negar que o Enem é uma das formas mais utilizadas de ingressar na universidade, pois já conta com programas como o Sisu e o Prouni.

Entretanto, vale a pena enfatizar que você pode começar a sua formação sem ter participado do vestibular em questão. Isso é possível através de iniciativas como o Pronatec 2021.

O Pronatec é um dos maiores programas de incentivo ao ensino técnico do país. As bolsas são distribuídas a partir de uma ligação entre algumas escolas técnicas com os órgãos responsáveis pela proposta.

O ensino técnico tem se tornado cada vez mais popular entre os estudantes, pois proporciona capacitação profissional voltada para o mercado de trabalho e em pouco tempo.

Por isso, as inscrições Pronatec podem estar concorridas! Os candidatos interessados precisam estar atentos a divulgação do edital através da plataforma do programa.

E para quem quer cursar o ensino superior?

Apesar dos cursos técnicos estarem ganhando destaque por suas diversas vantagens, muitas pessoas ainda preferem cursar uma graduação.

Para este objetivo o programa mais indicado é o Educa Mais Brasil, uma proposta de iniciativa privada que funciona através do site oficial do programa.

O Educa Mais Brasil é conhecido por oferecer bolsas de até 70% de desconto para as mais variadas áreas e além disso, por não possuir a participação no Enem como requisito.

Mesmo quem realizou o exame pode se inscrever e utilizar a sua nota para dispensar o vestibular tradicional da instituição de sua escolha, o que pode facilitar muito a vida do bolsista do Educa Mais Brasil.

Conheça os diferenciais do curso de Mecânica Industrial

Antes de escolher a sua formação, é preciso pesquisar bastante e entender a atuação de cada profissional. O curso de Mecânica Industrial ganhou bastante espaço no mercado e por isso, mais e mais estudantes querem conhecer as possibilidades da área. Você sabe quais os diferenciais do curso? Continue lendo e fique por dentro de tudo que você precisa saber.

O que é o curso de Mecânica Industrial?

O curso de Mecânica Industrial é uma formação técnica que capacita profissionais para atuarem no setor de máquina das industrias, sendo responsável por desenvolver, montar, desmontar, inspecionar e reparar as máquinas.

Este profissional deverá ser apto para coordenar projetos de sua área, assim como pelo controle de qualidade de seu setor. Quem está pensando em começar o curso deve estar familiarizado com engrenagens, instalações, equipamentos de segurança, entre outros.

Qual o diferencial da área?

Você notou que o profissional de Mecânica Industrial é responsável pela produção e manutenção de máquinas, se fazendo assim essencial para qualquer empresa de produção. Além disso, a sua área de atuação é voltada para as grandes potências do mercado industrial e de vários ramos diferentes.

Também é preciso pontuar o alto índice de empregabilidade para os formados neste curso, muitos começam a atuar em alguns meses. Isso sem contar que a duração desta formação é de até dois anos, ou seja, você pode estar qualificado para o mercado em pouco tempo.

Quanto recebe?

Mas afinal, quanto recebe? Para começar uma formação é fundamental antes saber a média de salário para aquela área. Vale lembrar que em cada região, a demanda para o profissional de Mecânica Industrial pode ser diferente e isto influencia na remuneração.

A expectativa para o salário inicial deste mecânico é de R$ 1.303. Enquanto isso, a média de remuneração mensal é de R$ 3.256, e a máxima registrada é de R$20.000.

Onde cursar?

Como este é um curso técnico e a divulgação para os programas que dão acesso ao nível superior são maiores muitos estudantes não sabem como buscar a formação. A primeira coisa que você deve saber é que existem escolas técnicas especializadas neste curso, são elas as instituições do Sistema S.

É importante enfatizar que para a área industrial, a instituição a ser procurado é a de Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Sabia que você pode conseguir uma bolsa de estudos e não pagar nada pelo seu curso? Para isso, se inscreva no Pronatec e selecione a bolsa para o curso de Mecânica Industrial!

5 Cursos técnicos para ajudar a abrir o próprio negócio!

Para abrir o próprio negócio a maior parte das pessoas acredita que dinheiro a única coisa necessária. Ter um capital inicial com certeza importante, mas não o ponto mais importante para o sucesso. Alguns cursos para saber a melhor forma de abrir o próprio negócio podem ajudar. Saiba mais!

Dicas de cursos técnicos para ajudar a abrir o próprio negocio

O que você precisa saber para abrir seu próprio negócio? Infelizmente dinheiro não é tão importante quanto gerenciar corretamente o investimento. Segundo dados do SEBRAE, mais de 30% das empresas fecham no primeiro ano por não conseguirem gerir as contas correta. Alguns cursos podem ajudar a mudar esse percentual.

1 – Administração

Administrar uma empresa vai muito além de ser apenas um dono. É preciso entender o gerenciamento e produção, contratação de empregados, como organizar a produção e como organizar projetos.

Esse tipo de conhecimento é adquirido em um curso técnico de nível superior em administração. As noções de básicas de economia vão ajudar a administrar melhor as finanças e a base do curso será responsável por ajudar a projetar melhor a empresa.

2 – Gestão financeira

Na verdade, todos os que puderem deveriam fazer um curso técnico de gestão financeira. Ele ensina a fazer balanço, o que é fundo de caixa e o que é realmente com lucro e como gerir os gastos fixos. Saber o que cada centavo representa no saldo de uma empresa é a grande diferença entre o sucesso e o fracasso.

A maior parte dos aventureiros no empresariado não sabe diferenciar o que é lucro de fluxo de caixa e acaba investindo tudo não sobrando nada para investir novamente. Cursos de gestão financeira auxiliam neste quesito.

3 – Marketing e técnicas de vendas

Como os seus clientes vão saber que você existe? Como atrair mais clientes? Como fidelizar clientes antigos (que são mais baratos para a empresa)? Este tipo de conteúdo trabalhado em cursos de marketing.

Não é necessária uma graduação completa. Um concurso técnico ajuda a abrir os horizontes das possibilidades de divulgação de acordo com seu tipo de negócio de serviço. Também auxilia a entender o seu público-alvo de acordo com o tipo de produto vendido e como atraí-lo da forma correta.

4 – Processos gerenciais

Um administrador também é um bom gerente de sua equipe. Ele sabe coordenar as atividades dos seus empregados entende o processo de construção de uma equipe.

Mesmo que ele contrata um gerente necessita aprender o processo para entender como funciona a execução de cada projeto, criação de metas e garantir uma melhor produtividade para empresa.

5 – Como abrir uma empresa

As unidades do SEBRAE de todo o Brasil oferecem o curso de passo a passo de como abrir uma empresa. Ajuda ao novo empresário entender sobre toda a parte técnica documentação necessária.

Os orientadores do curso também avaliam a proposta de abertura de firma para saber se realmente esse nicho de mercado vale a pena explorado. Auxilia na documentação necessária e quanto investimento é preciso para capital inicial.

Assim quando o empresário for procurar um contador já ter alma e não tem noção de como funciona e quanto vai gastar.